quarta-feira, dezembro 30, 2009

"Aqui há pena de Morte"


(...) Um grito abafado de desespero surgia de uma densa e angustiante escuridão. Tinha um sabor acidulado a solidão. Um choro seco e abnegado levantava-se do pavimento, em direcção a um enorme vazio. Os sons eram inteligíveis, o cheiro nauseabundo e a esperança nula. Martelavam-me, naquele instante, sons inconstantes de uma música mutante que funcionava como um parasita que me comia a razão – lenta e ferozmente. Tinha as mãos embrulhadas em luvas improvisadas, feitas de peúgas e de trapos encontrados no lixo. Escondido numa sombra gélida e impessoal, via as luzes de um mundo cruel. Acendiam e apagavam, mudavam de forma, reformulavam cenários vindos da ganância do «homem». Apelavam, numa estética geométrica, à ruptura do – ser solidário. Nas minhas costas sentia o frio húmido das noites. Ultrapassava os limites da minha roupa, entranhando-se abruptamente nos meus ossos. Já não sentia a dor, nem a dignidade de estar vivo – sobrevivia à minha própria vontade de terminar com aquele sufoco, cada vez mais pronunciado. Vários cartões resgatados ao lixo serviam para me cobrir do olhar da Lua. Tinha vergonha de ser visto por olhos mais atentos. Percorria-me um calor húmido pelo baixo-ventre, chegava-me até ao meio das pernas, aquecia-me com a minha própria urina. Ficava quieto – muito – na esperança de acordar daquele pesadelo. Adormecia num sono vigilante, sempre com os olhos prostrados na incerteza.(...)

In "Aqui há pena de Morte - Diário de um sem abrigo" - Brevemente disponível.

Apeteceu-me
"Nâo há tempo nem lugar para nos perdermos com as grandes coisas... essas fazem parte da mesquinhez humana" - Charles de la Folie

5 comentários:

Mais um Lugar de Mim disse...

Belo aperitivo para 2010!!!

Que tenhas um ano estupendo e venha mais um!

Beijo grande.

Zeus disse...

Talvez seja uma boa forma d eentrar em 2010 - reflectindo nisto!
Bom ano e parabéns pelo blog.

Luís Filipe C.T.Coutinho disse...

Folgo em ver que estás cada vez melhor

abraço


Contador de Estórias

alexzandra disse...

Estou a acabar de ler "O Ladrão de Livros" e estou a adorar. Parabéns e espero que continue o bom trabalho!

Beijo
Alexandra

AnaMar (pseudónimo) disse...

Escrita irresistível:-)
Abreijos