quarta-feira, dezembro 21, 2005

....

Apetecia-me desejar as boas festas a todos... mas isso não é o que faz toda a gente?
Não sou, nem nunca serei convencional. É claro que acredito no espírito de Natal, mas esse, partilho com os meus filhos, porque eles (ainda) são puros!!

(…) Lembro-me para os lados do Caribe, no tempo em que nasceram os Bandoleros.
Eram homens nobres, que cediam generosamente parte do que haviam roubado. Verdadeiros “Robin dos Bosques”, mas estes não são histórias, nem contos, nem hipocrisia alguma, “estes” existiram e deixaram um legado.
(…) O calor sufocava, a suas botas feitas a mão e por medida, arrastavam atrás de si uma imensa nuvem de pó.



O seu casaco de pele grossa, bordada a branco, com cordões que saíam da sua imaginação. Usava umas enormes esporas, mas somente para intimidar, naquela altura os cavalos ainda dormiam em sonhos distantes. Arrastava-se por aquelas paragens, com a boca esbranquiçada de saliva seca que esperava pelo momento de poder encontrar uma fonte para brutamente encher de agua todo a sua vestimenta com a água a escorrer pelos cantos da boca… como os porcos. A sua barba era cerrada e rala, meio esbranquiçada… lamina, somente o fio da sua inseparável faca com o cabo em madrepérola, oferecida a muitos anos pelo seu avô.
A sua volta, um horror, um deserto de ideias, um vazio de cores, um interminável rasto de coisa alguma, assim como os dias, os intermináveis dias, de dia nenhum.

Esta não é uma história, nem um conto de Natal, muito menos um estado de espírito, mas é a vida de um homem que nasceu para salvar um povo, numa ilha para os lados do Caribe. Perdeu-se na vida, perdeu a sua alma, conquistou um povo no ano em que nasceram os Bandoleros.


Apeteceu-me



“O espírito muitas vezes morre de tédio dentro de nós”! Charles de la Folie


A todos um bom Natal, Bino chega aqui ao pé de mim...sim eu estou constipado... é Pardal.
Beijos e Abraços e Boas Festas (no pelo que quizerem)

28 comentários:

Tita - Uma mulher, Um blog, algumas palavras disse...

" SÓ EXISTEM DOIS DIAS NO ANO EM QUE NADA PODE SER FEITO. UM CHAMA-SE ONTEM E OUTRO AMANHÃ, PORTANTO, HOJE É O DIA CERTO PARA AMAR, ACREDITAR, FAZER E PRINCIPALMENTE VIVER!"
FELIZ NATAL!!!!!

Heloisa B.P disse...

TENHA UM EXCELENTE NATAL!
E... o proximo 20068, lhe traga TUDO AQUILO QUE O TORNE FELIZ E PROSPERO!
FELICIDADES PARA SI* E SUA FAMILIA!
_Faz tempo que aqui nao posso vir, mas nao esqueco,aqueles cuja palavra e' PALAVRA!

Saudacoes AMIGAS!

Heloisa B.P.
****************

Caracolinha disse...

Saída directamente da casquinha para deixar os desejos de um NATAL cheinho só de coisas boas ... tudo, mas tudo o que houver de melhor são os meus mais sinceros desejos.

Uma beijoca encaracolada em forma de bola de Natal :)

Maria Manuel disse...

Há viagens assim, que nos fazem apetecer falar do mundo e sentir valores universais que se actualizam em diversos pontos do planeta!
Acredita: a tua mensagem foi natalícia!
Por isso, para ti também!...

Paula Raposo disse...

Enquanto restar alguma pureza nos corações das gentes...Bom Natal. Beijos.

Isabel-F. disse...

pois....

Que o Natal,
em lugar de ser apenas uma data,
seja um estado de espírito
a nos orientar a vida, permanentemente.
Os meus votos para ti e familiares de que este Natal
traga alegria, paz e muita felicidade
para todos os dias do Ano Novo.
Beijinhos,
da Isabel Filipe

Talk Talk disse...

“O espírito muitas vezes morre de tédio dentro de nós”
E é contra isso que temos que lutar todos os dias.
Um abraço e o convencional Bom Natal :)

JL disse...

Aqui está um texto natalício em espírito. E não é isso que interessa?


Carlos,

Os meus votos de um Natal muito feliz e que os valores do presépio sejam os nossos orientadores no ano que se aproxima.

Sónia disse...

Um Natal cheio de Luz e um Novo Ano iluminado para o Senhor Presidente desta bela República.

Manoel Carlos disse...

Que em 2006 sejamos atentos às palavras dos poetas.
Grande e fraterno abraço.
Manoel Carlos
http://www.agrestino.blogger.com.br

Quem Morre

Morre lentamente quem não viaja,
quem não lê, quem não ouve música,
quem não encontra graça em si mesmo.
Morre lentamente quem destrói o seu
amor-próprio, quem não se deixa ajudar.
Morre lentamente quem se transforma
em escravo do hábito, repetindo todos
os dias os mesmos trajetos, quem não
muda de marca, não se arrisca a vestir
uma nova cor ou não conversa com
quem não conhece.
Morre lentamente quem faz da televisão o seu guru.
Morre lentamente quem evita uma
paixão, quem prefere o negro sobre o
branco e os pontos sobre os "is" em
detrimento de um redemoinho de
emoções, justamente as que resgatam
o brilho dos olhos , sorrisos dos
bocejos, corações aos tropeços e sentimentos.
Morre lentamente quem não vira a mesa
quando está infeliz com o seu trabalho,
quem não arrisca o certo pelo incerto
para ir atrás de um sonho, quem não
se permite pelo menos uma vez na vida
fugir dos conselhos sensatos.
Morre lentamente, quem passa os
dias queixando-se da sua má sorte
ou da chuva incessante.
Morre lentamente, quem abandona
um projeto antes de iniciá-lo, não
pergunta sobre um assunto que
desconhece ou não responde
quando lhe indagam sobre algo que sabe.
Evitemos a morte em doses suaves,
recordando sempre que estar vivo exige
um esforço muito maior que o simples
fato de respirar.
"Somente a perseverança fará com que
conquistemos um estágio esplêndido de
felicidade".

Pablo Neruda

Natal de 1975
(Carlos Drummond de Andrade)

Adia-se outra vez
a instauração do amor,
o advento da paz?
Mesmo assim, mesmo em sonho,
outra vez se deseja
a instauração da paz,
o advento do amor.

Raquel V. disse...

Porque ainda que o mundo
Não seja perfeito como desejaríamos
Mas cada ser humano é único
E encerra em si todo o potencial
Da humanidade…

Um Belíssimo Natal e Melhor 2006
Beijos e um Postal de Natal,
Raquel

Adryka disse...

Olá querido amigo vim te visitar e trazer-te um abraço meu e um grande beijinho deixando para ti os votos de um feliz natal

Costinhas disse...

Feliz Natal para ti também!

Beijinhos

J.P. disse...

Feliz Natal amigo e tudo de b0om pa ti e para os teus é o que te desejo.

pachita disse...

Um natal muito feliz para ti e para os teus! :)

Beijinhos e tudo de bom :)

Nelita disse...

nao podia deixar de como convencionalmente,, desejar te um bom natal,,, jinhos aos ninos k tenhas coragem de lhes passar agora e sempre valores ,,k façam preduram essa pureza e a humanidade ...
ja seremos dois ...

a Prinçusa disse...

boas festas :)

*

AngelBoop disse...

Um Feliz Natal cheio de muitas prendas e muita saude.

abox disse...

ama muito! hoje e sempre! FELIZ NATAL! :)

Binoc disse...

Feliz Natal, Carlos. para ti e toda a tua família.

Pedra Rolante disse...

Vinha só desejar um Bom Natal! *<=)

Nathali disse...

Olá Carlos.. ;)

Um Natal feliz. Muita paz, harmonia e alegrias nessa noite divina.


Um Super beijo,

Nathali

moon between golden stars disse...

"Off-post"

Hoje só para desejar que o ano que se avizinha seja pelo menos 100000000000000000 vezes melhor que este! E que continues a aparecer...

Um abraço

Su disse...

uma joca marada, nada convencional por este belo texto
o melhor para ti e todos os teus
jocas maradas

pisconight disse...

Carlos, um óptimo Natal para ti e umas Boas Entradas para o novo ano que já se aproxima!
;)

heidy disse...

Carlos umas boas entradas, e umas grandes saidas. E votos de grandes "apeteceu-mes".
Quanto à foto que nso deste de presente, obrigado... ah grande ... actor. :p

Micas disse...

Desejo-te a ti e a todos os que amas um super 2006, com muita saúde e amor, o resto vem por acréscimo. Beijinhos

Micas disse...

Desejo-te a ti e a todos os que amas um super 2006, com muita saúde e amor, o resto vem por acréscimo. Beijinhos