sábado, junho 25, 2005

LOUCURA V

Loucura V



(...) Isto digo eu que ninguém me ouve há sempre gente para tudo, com o tempo que ele passa sozinho...até que pode muito bem ter uma amante, mas não estou a ver ninguém com perfil para ele.
Contra mim falo, porque como posso estar junta com uma coisa destas, isto é mesmo uma obsessão, o melhor é mais um charrito, que é para a minha alma começar a levitar.
Ah, e como me costumam dizer, que tenho uns olhos lindos, e isso só acontece quando estou pedrada, o melhor é embelezar-me.
Por acaso hoje apetecia-me sentir o cheiro do Vasco, umh, o miúdo tem um cheirinho que é, nem sei como o descrever, e só de pensar que quando o conheci era virgem, aquela primeira vez, foi mesmo hilariante, nunca me tinha acontecido. O rapaz estava tão nervoso que não sei se “mijou” se teve um orgasmo ainda nem tinha tirado o “coiso” das cuecas, foi mesmo uma tarde daquelas que não me vou esquecer, adoro lembrar-me, faz-me sentir viva. E não só diverti-me como só eu sei o rapaz, está atónito a olhar para mim, os olhos pareciam sair das orbitas, ele que julgava que estava doente, naquele caso e naquela idade a ida ao Psiquiatra era sinónimo de estar maluco, por isso até que imagino aquela cabecita arejada a pensar. Era mesmo engraçado, adoro quando eles são puros e inocentes, com aquele sangue na guelra, mas quando são confrontados com o quer que seja, borram-se todos, mas é normal. O Vasquinho era assim mas era um querido, era mimado, um mimado áspero, daqueles que só apetece, esborrachar com beijos, além disso muito divertido, e depois deaquelas primeiras vezes um óptimo amante, que delicia, uma veradeira delicia, de “comer” e chorar por mais, ai se chorava, só de pensar, no animal que vivia comigo.
Mas não era só isso que me desanimava, mas ao mesmo tempo me animava, quer dizer, às vezes só faltava dizer a mim própria - óh Mónica vê lá se atinas, então és uma mulher séria.
Evidentemente que sou uma mulher séria, quando não me estou a rir, e não é por fazer amor com um miúdo que adoro, que deixo de ser séria, aliás nunca, quer dizer... nunca uma ova, é claro que sou casada, mas se alguém for casada com um energúmeno como o meu marido, que me condene, ou então que se cale para sempre.... pois bem me pareceu, pelo silêncio que eu tenho razão.
Mas o vasco além de muito meigo tinha uma sensibilidade que até doía, aquelas mãos depois de ensinadas, foram uma coisa, mas enfim porque estou agora a lembrar-me de uma coisa dessas. Sabia perfeitamente, que... que... mais ou menos era preciso também alguma coragem era preciso alguns jogos de sedução nesta altura já não era como à 5 anos atrás, agora tinha de haver mesmo sedução pura e crua, dura, sei lá. Só de olhar para a sala pensava que havia por ali muitos Vascos espalhados, e fui eu que os seduzi, ou por outra obriguei-os a seduzirem-me, mas os artefactos são assim mesmo, uns belos objectos de prazer e sedução, com eles não é preciso negociar grande coisa , só é mesmo preciso vontade, e força, não de vontade, mas, uma força interior de... ai, ai... acho que não vou aguentar muito mais, estava ali um com um aspecto apetitoso, e aqueles cremes deitavam um cheiro a sexo, a amor a prazer, os “gajos” que vendem estas “merdas” não deixam nada ao acaso, não deixam não. Aqueles cremes, os óleos, e sei lá que mais, bastava olhar, mais olhar e cheirar, isso gostava eu de saber, o que teria feito por ali, quer dizer eu saberia de certeza, mas, estava a ver ali uma coisa mais grossa, e estava a olhar e a rir-me cá para mim, que aquilo bem oleadinho, com o energumeno a dormir, era capaz de ser uma bela surpresa, seria? Caso para experimentar, o “gajo” dorme como uma bestinha, por isso posso sempre tentar divertir-me, arranjava-lhe um andar novo e poderia sempre dizer que foi o Cão Guru, bom ai o rapaz dava-lhe mesmo uma travadinha, depois de ter metido um pé na merda dele, agora ele Cão Guru meter um... na merda dele seria bonito, seria, mesmo lindo, magnifico.


Apeteceu-me



"A loucura sabe bem quando bebida fresquinha" Charles de la Folie


LoUcuRa SeXuAl
A rEvOluçÃo em MaRcHa
ProNtO a VesTir

33 comentários:

Bino (Abrupto Sexual) disse...

hehehehhe tu nem imaginas mas este teu post fez-me lembrar quando eu era chaval novo (assim tipo 20 anos) era muito tímido (ainda sou) e então tinha um azar do camandro porque volta e meia apreciam-me pela frente uma tipas completamente doidas, com muita "rodagem" que só faltava violarem-me. E eu cheio da medo, estás a ver ? E elas sempre a avançarem para cima de mim. Claro que eu queria "fruta", mas às vezes o perigo era imenso e elas a arrastarem-me para o "abismo". Maridos ciumentos, enormes, com o dobro do meu tamanho. Adrenalna pura, amigo Carlos, adrenalina pura. E depois eu era muito trapalhão e tímido (ainda sou) assim tipo Woody Allen. Um trauma... o meu problema sempre foi sexo.

Tovarich Gina disse...

Não, não estou a dormir...
Não, não basta ele gostar de mim (será que gosta?) e eu dele...
Aliás... isto é complicado...
E esta psiquiatra... bem... as histórias que ela tem para contar!! Mas até a consigo perceber em alguns aspectos... bem. já não digo coisa com coisa... mas não é da hora.

tovarisch Brezjniev disse...

Qual é o programa de fds?

Carlos Barros disse...

acordar cedo e cedo erguer... porra para isto..este fds estou por chelas.

bbbzzz disse...

l´ ex

Clitie disse...

Interessante esta plantação de pessegueiros...

Bom fim de semana

inesita disse...

e se for ela a ter um amante? a solução é demasiado ousada para o orgulho masculino?

maria_arvore disse...

Adoro a forma como escreves pelo lado feminino. Quase se diria que foi uma mulher que o escreveu.

E também quero elogiar a tua voz aqui no blog: é mesmo voz de rádio. :)E nunca tal havia visto (ouvido) num blog.

M Myers disse...

Este texto está fantástico.
Muito engraçado e interessante.

Um abraço
Myers

Malae disse...

Extraordinério, caro Carlos! ;) Excelente a maneira como escreves... e gosto de ver um homem a escrever a estória de uma mulher! Sempre bom te ler :) Boa semana. Beijinhos. Malae*********

Å®t_Øf_£övë disse...

Amigo,
Vim ler-te e desejar uma boa semana.
Abraço.

Storm Of Emotions disse...

Olá
Passei para desejar boa semana!
Bjokas!;)

pachita disse...

Sim senhor, um homem que conhece os pensamentos mais escondidos das mulheres é de ler e reler. gostei muito. Vou continuar a ler. (e sim, o mergulho correu bem). :) Beijinhos

sylpha disse...

Bem ouvir, posso não ter ouvido, mas que li tudinho ai isso li ... fantástico como sempre. Mas estes pêssegos são deveras interessantes ;) Beijinhos e boa semana

O Micróbio disse...

Hoje sim... isto cheira a loucura... :-)

salseira disse...

erm...tem alguma?

pois eu por mim fazia..como elas sao pequeninas e isso acho que nem doeria (? little problem about spelling ?) muito... mas sou menor e a minha mae nao deixa...

beijinho*

Squeezy disse...

Vamos todos apanhar uma "borracheira" de loucuras inatingiveis..

galinha disse...

O «Vasquinho» pode ser mimado e inexperiente mas burro é que ele não é. Eu próprio já me tentei tornar num «Vasquinho» mas os sacanas dos «energúmenos» acabam sempre por descobrir. A sorte é que eu corro mais do que eles.

Ricardo Leal disse...

Eh, sempre que cá venho, fecho a janela, Grandes textos (quantidades de letras por centimetro quadrado) e muita fixes, vais dai, tenho de ler com calma, volto uma, volto duas, volto uma porrada de vezes só para deixar um comentário(quando deixo)

Mas gosto muito do que escreves e da maneira como abordas os assuntos.

Bem haja

P.s: És locutor em alguma rádio que se ouça na IMBICTA?

augustoM disse...

Caro Carlos, a sua loucura fez-me lembrar as loucuras de Erasmo no seu Elogio da mesma.
Um abraço. Augusto

SaltaPocinhas disse...

Olá! Acho que já tinha andado por aqui, mas entretanto perdi-me por outras andanças...agora vou comer...mmmm...um pêssego! e depois volto!

moon between golden stars disse...

És tu? a falar???
Fala lá comigo...

Lindo como sempre...

Um abracinhu

ZitaSoSeabre disse...

A deliciosa loucura de sempre. Beijinhosssssss.

Ana Teresa Bonilha disse...

Ficou ótimo!!! Muito bom mesmo! Para escrever um texto assim é necessário certos conhecimentos que parece ter bastante... sobre o que gosta uma mulher... sorte da(s) sua(s)... infelizmente tem se tornado raro um homem assim.

Ana Teresa Bonilha disse...

ah, espero que gosto do Renato Braz!
bjs e obrigada pela visita lá no blog!

BlueShell disse...

heheheh... Bom dia!
BShell

indigo des urtigues disse...

Visão interessante..o olhar masculino sobre o feminino..

Tem uma optima semana :)

Ana disse...

TEXTO VALIOSO... UM TEXTO SOBRE UMA EXPERIÊNCIA FEMININA... PORQUE HOJE O MUNDO ESTÁ REPLETO DE LOUCURA...
GOSTEI DO BLOG...
SE QUISERES APARECER NO MEU: ANACCRUZ.BLOGSPOT.COM

Morsa disse...

Este mundo, graças às gajas, está quase perdido!!!

Cetus disse...

estás louco, só pode, tu e o mundo.

Kabum disse...

Excelente...

Delírio da Loirinha disse...

Olá!
Já alguma vez te disseram que tens uma vez incrivelmente sexy????
Beijinhos doces
DL

pachita disse...

A loirinha tem razão, ah se tem. ;)