domingo, julho 10, 2005

LOUCURA VII

Loucura VII


(...) Os homens pensam demasiado com o “pirilau”, o que os deixa sempre numa posição desfavorável, o engraçado é que eles não entendem mesmo isso. É a natureza do homem ser um animal de prazeres, ou por outra procuram o prazer sem olhar a nada nem a ninguém e depois trama-se. A mulher é muito mais cerebral só vai pela certa, só vai mesmo se tiver a certeza que aquilo que quer, vai ser mesmo dela porque se não, não arrisca, a mulher tem um orgulho proporcional à sua ambição, o homem não tem o orgulho proporcional ao seu pénis, uma vezes grande outras mirrado, umas vezes duros outras, uns moles, por isso o homem é fácil de ser levado, o que não quer dizer que seja tudo assim complacente e igual, há as excepções, o homem magistralmente seguro, com um querer, uma dureza, uma rigidez de processos, de fazer inveja a qualquer mulher, esses geralmente são bichas, uns assumem-se outros mantém-se no seu pedestal, a humilhar quem quer que se atravesse.
Mas as mulheres têm uma coisa muito pior que os homens, não sabem o que é ser leal, todas elas passam a vida a cobiçar o que é da outra. A inveja reina no domínio da fêmea, o problema não é a inveja nem a cobiça, porque os homens também sentem isso. O pior é que as mulheres querem ter e têm, bem se estão a lixar se é marido ou namorado da sua melhor amiga ou irmã. As mulheres não são solidárias com elas, enquanto os homens, podem pensar na mulher do amigo, mas mesmo que ela se dispa a sua frente, não são tentados.
È isto que me deixa estarrecida, e esclarecida em relação a minha raça, eu sei que a minha profissão é tramada, muitas vezes dou por mim absorvida nos problemas das minhas pacientes, mas a verdade, é que há por ai muita futilidade.
As mulheres conseguem ser muito fúteis e vazias, a sua frivolidade deixa-me tonta e confusa, porque apesar de ser mulher devido a forma como lido com os assuntos percebo perfeitamente os dois lado, mas como estou em fase de analise nem quero pensar nisso. Parece-me que estou na fase mais séria da pedra, ai, ai a esta hora estar assim séria até me faz mal a ulcera que ainda não tenho, mas que espero um dia vir a ter.
É finíssimo ter-se uma ulcera, hoje nos dias que correm ai nos clubes da alta sociedade não ter uma ulcera é como não ter um massagista brasileiro, que faz massagens especiais com o martelo pilão que a natureza lhe deu. Mas a história para o bom dos maridos é que é sempre uma mulher que naquele dia faltou, e teve de ser um homem.
Mas os homens fazem o mesmo, mas gostam mais do exótico, preferem umas tailandesas, que chegaram das Filipinas, um pequeno erro geográfico que na cabeça do homem pouco ou nada importa, pior era se fosse um homem, se não for, tudo o que vier a rede é peixe. Esse é um outro problema, um homem não pode pensar, em ter relações com outro homem ou receber carinhos, mas uma mulher é muito mais acessível a esse facto, quer dizer ao facto de poder estar com uma mulher. Diga-se a bom da verdade que esteticamente é muito mais... pois não sei bem como explicar. O homem, ou por outra a raça masculina tem quase toda um fetiche que é estar no meio de duas ou mais mulheres, em pleno desfrute de prazer, pois eu com dois homens nem pensar, até a ideia me parece absurda, mas absurda por outras razões, e não me apetece explicar essas tais razões agora.
Mas estava agora a pensar se o Vasco já terá recebido o raio da carta, para perceber se ele vêm por ai acima ou não, ou se vou ter de mandar vir uma ambulância, só não sei para quem.
Deixa-me ir só ali ao quarto, o marmelo ali está, não faz coisa alguma só dorme só ressona, só ocupa espaço. Bom acho que vou vestir algo de provocante algo que arrase, de qualquer das formas hoje consultas são só aqui para o pessoal.


Apeteceu-me


"Tenho o gosto na ponta do dedo e a sabedora na ponta da lingua" Charles de la Folie

50 comentários:

Malae disse...

Caro Carlos! Que belo post... Adoro a maneira como escreves no feminino!E este texto lembra-me inúmeras conversas tidas com alguns homens (adultos ou mais jovens) sobre a eterna discussão do sexo dos anjos e as diferenças entre homens e mulheres! E as tiradas utilizadas para acertar em cheio no ego do outro interveniente, tanto nun caso como noutro, estão aqui :P É bom ler-te!

Boa semana. Beijinhos grandes. Malae*************

galinha disse...

Grande verdade: "o pior é que as mulheres querem ter e têm".
Está tudo dito para mal dos nossos pecados!

Galinha Estéril

Ana Luísa disse...

Olá, obrigado pela visita ao meu blog.
O texto está mto bom e uma coisa é certa: as mulheres raramente ou nunca são leais umas com as outras... Nunca se sabe o que esperar... Vejo isso no meu trabalho.
Por isso mesmo, prefiro ter 1 ou 2 amigos homens.
Até breve.

dry martini disse...

*cof*cof*

pois.
eu sou mulher.
e sou fútil.
mas, olha, eu nunca cobiçaria um ex namorado, namorado ou possivel namorado de uma amiga minha. tá contra o meu código de... de coisa.

é... a inveja. mas oh... há coisas que acontecem que nos deixam com raiva umas das outras
e isso é culpa dos homens que só pensam c a pilinha.

enfinhe...

senti me tocada c o texto... tanto que é melhor não dizer muito mais...

lazuli disse...

só me apetece deixar um sorriso:)
Quanto às mulheres e à inveja, isso dava pano para mangas. Mas mangas com este calor, não dá não..Fica para outra vez. Um beijo*

A. Duarte Lázaro disse...

Mas o Vasco nunca mais recebe a carta?? Ai estes Ctt... anda aqui uma pessoa a morrer de curiosidade.
Desta vez a psiquiatra está muito lúcida porque estas suas introspecçãos estão plenas de verdades... muitas verdades mesmo... ai... não quero pensar.

Olha, rapaz, para a semana vou até à margem sul. Ainda nos cruzamos na rodovia sem sabermos. Este mundo é feito de coincidencias...

P.S: mataste-me com a música... eu também me ando a convencer do mesmo...

Beijitos**

P.S.2: A sardnhada ficará para outra vida

BlueShell disse...

hehehh...nunca me ri tanto...

A música faz meu género! Adoro, simplesmente o Rod S.

Hoje tenho lá uma adivinha...qual é coisa...qual é ela...
Jinho terno e boa semana!
BShell

mónica disse...

o texto está com duas escritas: a primeira objectiva, certeira, credivel, estava animada e suspensa na leitura e a segunda quando é revelado o sexo (aqui raça...) da autora passa a ser assumidamente futil, esteril, um devaneio. acho que é de proposito, o homem que se disfarça de mulher teve que enfatizar mais isso: as mulheres não são capazes de manter a coerência! acho que sou leal não serei mulher? ;)

chaka disse...

oh gostei mt do texto.
e concordo com o k ta la escrito. por acaso no outro dia tive a comentar isso com uma maiga minha e somos as duas dessa opiniao. as mulheres sao realemnte umas cabras. falsas. e fazem de tudo para terem o k querem, msm k para isso tenham k passar por cima de alguem 'querido' e deixar essa pessoa para tras.
e tenho medo, porque mais cedo ou mais tarde vou ser assim. se é k ja nao sou...

bjinho*

EU nos dias e Hoje disse...

Mais um texto brilhante...

Ana disse...

gostei bastante deste texto...

Zuka disse...

Só faltava abordar a velha questão das mulheres irem em "grupo" ao WC...De resto o texto está 5 estrelas!
Abraço e boa semana!

Cubic.Emotion disse...

Outro belo texto...

kikas disse...

Adorei o texto...está mesmo 5 estrelas...
É por causa do homem pensar com o pirilau que as mulheres são capazes de coisas que valha-nos Deus!
beijocas
kikas

agua_quente disse...

Ok, safaste-te bem a escrever "no feminino". Na verdade, estão lá os argumentos habituais desta guerra dos sexos. Agora que "os homens, podem pensar na mulher do amigo, mas mesmo que ela se dispa a sua frente, não são tentados", essa não me vendes, não! :))
Beijos

Fëaraniâ disse...

Ao ler esta "loucura" lembrei-me de um dos pricípios fundamentais das culturas orientais. A dualidade. Sempre presente, mesmo quando parece não se fazer notar.
Haverá dualidade maior que a dualidade presente na divisão dos sexos?
Tão iguais e tão diferentes, mas, lá no fundo somos o mesmo.

Moon* disse...

Amigo Carlos, é verdade que "as mulheres quando querem ter têm..." mas também é verdade que se existir uma outra mulher no meio, a segunda só consegue, se a primeira não fôr suficientemente inteligente para cortar o mal pela raíz.
Jamais subestimem uma mulher...isso é um erro fatal!


O pior inimigo da mulher...não, não é o período...é mesmo outra mulher.

Aquele abraço...

francis disse...

Agora fiquei confuso, Carlos. falas na primeira pessoa, afinal és mulher??? Concordo com o que dizes sobre as mulheres. Quanto aos homens discordo, nem sempre pensamos com o pirilau. Posso garantir-te que às vezes penso com a cabeça :-)

Rosie disse...

Acho q n são as mulheres q invejam o respectivo da próxima... São os respectivos q têm a fantasia de "comer" a prima, amiga, tia, etc da respectiva...
Ah, e tb n "como" nada alheio, é mto feio!
*

Rita disse...

oh, pois é..
eu ainda sou tão piquinininha [ihih] e noto isso, nas mulheres..

somos más umas para as outras, e assim..
bah, eu que o diga! que já me 'envolvi' com o namorado duma amiga. [é vergonhoso dizer isto]

oh, gostava muito dele. mesmo.
e ele era um indeciso do caraças.
acabava com ela, depois voltava. e eu.. no meio.

uma chatice.
mas passou..

eles? ficaram juntos.

*

J.P. disse...

Que texto maravilhoso Carlos.
Estás a postar ao teu melhor nivel.

Desconhecida disse...

"enquanto os homens, podem pensar na mulher do amigo, mas mesmo que ela se dispa a sua frente, não são tentados." ????? Desculpa discordar, mas isso não é verdade, ai não é mesmo!!!
Bjs

Freddy disse...

Abraço grande e a não perder a reportagem fotográfica do Grande Prémio Histórico da Boavista feita pelo Agente Pingú na Zona Franca

Carla Isabel disse...

Meu caro!!!

As mulheres não são todas iguais...são um bocadinho invejosas sim...tenho mais amigos homens do que mulheres sim...mas se tiveres uma mulher como verdadeira amiga...vais ter sempre com quem rir e um ombro onde chorar!

Eu gosto de ser mulher sobretudo porque isso me dá a capacidade de poder ser mãe....ter uma vida a crescer dentro de mim, e isso meu amigo, é de facto algo de magestoso!

Obrigada pela visita ao meu blog!

Carla

Carlos Barros disse...

Não se assustem está no femenino, prque a personagem é femenina, se relerem as outras loucuras percebem, a narrativa é na primeira pessoa...mas feita pela Drª Monica Psiquiatra.

depois da loucura vem a Dondoca depois a Virgem e por fim vida de cão...

os que já aqui foram feitos, começou pela ressaca, depois pamcada, fogo (cruzado) e tudo se passa no mesmo prédio

Bino (Abrupto Sexual) disse...

Espectáculo !
Espectáculo !
Es-pec-tá-cu-lo !
Não deixa de ser curioso colocares estas palavras na boca duma mulher, porque são do mais masculino que pode haver. Imensas vezes ao reflectirmos sobre a nossa condição de machos, ao analisarmos as nossas diferenças em relação às mulheres, o resultado a que chegamos é justamente o que aqui escreves.
A tua arte, o teu grande talento é que tu consegues formalizar esses pensamentos, consegues traduzi-los em simples palavras. Chegaste a fazer-me lembrar o Alberoni.
Sobre o texto em si, nada a acrescentar, está lá tudo.
Não tenho mais palavras. Abraço.

Sergy disse...

Adorei!

Bino (Abrupto Sexual) disse...

(em relação ao teu comentário) Qual foto achaste uma delicia ?

UnaRagazza disse...

Lá arranjei um tempinho pra vir visitar aqui a República. Mas uma visista de médico, diga-se. Só li este post mais recente... E estava admirada por escreveres no feminino, mas já percebi o pq no teu comentário.
"Mas as mulheres têm uma coisa muito pior que os homens, não sabem o que é ser leal" What the hell???

mar disse...

A tua visita ao meu alpendre, aguçou a minha curiosidade e vim visitar o teu.... Não percebi, talvez por falta de tempo e por só ter lido o ultimo post, pq escreves como se fosses uma mulher... Para além do mais pareces conhecer mt bem como funciona "o ser" de uma mulher.... Esclarece-me se possivel... Bjs

Bino (Abrupto Sexual) disse...

Nunca disse que aquela foto era eu. hehehehehe

em nome da MULHER disse...

a sério... que o homem seja machista, já é mau... que a mulher também o seja ainda é pior. isto para dizer que, quem de facto escreve este texto é um homem, apesar de dar a palavra a uma mulher. a visão que ele tem das mulheres é insultuosa. é estranho que algumas das "comentadoras" aplaudam tanto machismo. já agora... uma vez que somos governados por homem, por que somos tão mal governados?

Ricardo Leal disse...

Enfim, quantas verdades...

Mas apetece rir..

Carmem L Vilanova disse...

Olá Carlos,
Estive ausente nestas duas semanas, uma delas por falta de tempo, outra por falta de computador, mas já estou de volta... e já há novos posts... espero poder seguir tendo sua companhia por
Muitos beijos cheios de saudades!

anonymous_person disse...

disseste pirilau.

Nilson Barcelli disse...

Metes-te muito bem na pele de mulher.
O texto é óptimo.
Claro que as verdades são relativas. Mas isso não é importante. O impportante foi tentares (e acho que conseguiste) ver as coisas com os olhos de mulher.
Abraço.

CLIK disse...

Excelente narrativa como vem sendo habitual neste espaço!
Saudações Bloguianas!

webdreamer disse...

"enquanto os homens, podem pensar na mulher do amigo, mas mesmo que ela se dispa a sua frente, não são tentados." Aqui descaiste-te. Como já se percebeu pelos comentários, nenhuma mulher pensaria assim :)...

LAINEBRUXA disse...

Amizade

A gloria da amizade não é a mão estendida,
nem o sorriso carinhoso, nem mesmo a delícia da companhia.
É a inspiração espiritual que vem quando você
descobre que alguém acredita e confia em você.
(Ralph Waldo Emerson)

Estive doente na sexta e nem vim trabalhar....

Desejo que sua semana seja simplesmente maravilhosa!!!
Bjokas

Gui disse...

É a 1ª vez que visito o teu espaço e é verdade que só li este post... mas não resisto a comentar para discordar.
Sempre detestei essa conversa de que as mulheres não são amigas umas das outras blá blá. É dita invariavelmente por gajas que, essas sim, são umas cabras para as outras e julgam o género feminino pela sua bitola. Essas gajas que, sim, são invejosas têm sempre queda para os namorados das "amigas" vá-se lá saber porquê... Já vi muitos homens a serem "umas putas" uns para os outros. Ou seja estas atitudes não são concedâneas com género mas sim com a falta de carácter.
Quero aproveitar para agradecer as amizades que a vida me tem proporcionado, todas as amizades...., felizmente dos dois géneros e sem preconceitos.

Hei-de voltar para ler os outros posts com mais tempo.

XS disse...

Davas uma gaja do caral....

GUMM disse...

Infelizmente não estou tão seguro de que o problema seja só feminino... pior, desconfio que seja mesmo um mal moral! Mas na sociedade contemporânea já passa por normal...

contadordehistorias disse...

Meu caro amigo, creio que o dia em que as mulheres entenderem os homens e os homens as mulheres, o mundo termina numa explosão incontrolável...

abraço

inesita disse...

para fazer jus à fama de que as mulheres cobiçam o alheio: eu sei que és casado, mas não queres...

Betty Branco Martins disse...

Olá Carlos

Essa psiquiatra doidona, hoje está a falar muito bem, a "pedra" era de boa qualidade!

Eu sou totalmente de acordo que os homens são muito mais fieis que as mulheres! Eles só tem um senão: são muito gabarolas quando fazem alguma "coisa" e muitíssimo gabarolas quando nada fizeram! As mulheres... as mulheres! neste aspecto são mais comedidas, ou não?

Adoro esta psiquiatra :)

Um beijo

re21 disse...

Quanto à mulher do amigo é bem verdade.

Gabriel disse...

Haja loucura!

Rogue disse...

Não posso perder o proximo capitulo.

maria disse...

"you came into my life like a thunder..." é a frase que ouço aqui a saltar-me no ouvidinho! pois é só isso que é assunto: se alguém nos entra na vida assim, de rompante... pronto! fica o caso arrumado e não é um discurso de ele ou ela que é radicalmente diferente conforme, precisamente, se é ele ou ela! Este texto? é uma ela que fala?... ahahah... é um ele a brincar a ela(s)! é la Folie!! Assumidamente la Folie!
eu, (e eu cá sou muito ela! rsrss) Gostei! Esta escrita cheiinhAtafulhada de estereótipos é de morrer!

Raquel V. disse...

Ai não que a mulher do amigo não vai... pois pois...