sexta-feira, julho 08, 2005

NO SENSE

No Sense


Há muito anos, recebi de um amigo um porta-chaves, em madeira com um escrito que dizia: “ Não sou perfeito mas tenho partes de mim excepcionais”. Hoje acordei a pensar nisso! Que queria ele dizer quando me ofereceu o porta-chaves? Enfim. Mas no meio dos meus pensamentos, comecei também a matutar, que as pessoas que lêem estas crónicas, devem pensar que sou louco, mas foi ai que sorri (aquele sorriso de quem faz a festa, deitas os foguetes, et caetera, et caetera). Mas também pensei logo que não deve ser assim tanta gente, além da minha Mãe, (dois meses depois quando lhe levo o jornal). Deve ler o director, que é para isso que lhe pago, o compositor e poucos mais. Pensei tudo isto ao ler uma notícia, que focava a possibilidade de, se 600 milhões de pessoas dessem um salto à mesma hora, poderiam desviar o planeta, e assim resolver o problema da camada do ozono!!!! Ocorreu-me logo o paralelismo! Pensei que se tivesse muitos leitores, poderia pedir-lhes isso, mas enfim, infelizmente não chegam. Contudo, posso sempre pedir-lhes para sorrirem quando chegarem a esta parte. Sorriam vá lá!

Andava a procura de mais dados sobre este gigantesco salto, mas não encontrei. Todos os artigos que se referiam a milhões de pessoas, ou eram por morrerem à fome, ou eram vítimas da guerra, ou por lhes escassear a água. Só vi desgraças. Coisas boas só mesmo naquela restrita lista dos 100 mais que a revista “Forbes” costuma trazer. Hoje quando dei o beijo de praxe ao meu filhote de 5 anos (está a ficar um Homenzinho) estava para lhe perguntar o que queria fazer quando fosse grande, mas não o fiz. Tive medo que me respondesse que não queria fazer nada, que queria ser Político. Esse é o meu maior medo. Imaginem o nosso futuro! - Um excesso, uma superfluidade (este fui ver ao dicionário, ou acham que eu sabia o que quer dizer superfluidade) de políticos, de maus políticos, – já não há políticos como antigamente –, ou por outra haverá políticos? Bom mas não vou falar mais desta, pois não sei a definição, mas não será por certo classe trabalhadora.
Aliás não vou mesmo falar de mais nada, não pensem que estou a despedir-me por alguma razão. Aliás não fiquem a rir, nem a esfregar as mãos de contentes, porque não estou a despedir-me. Porque havia de o fazer? Sei que tenho dois leitores, e enquanto não desistirem aqui estarei! Ah, tinha outra coisa para escrever, mas não sei se devo, por uma razão, muito clara e óbvia: não me lembro, e o rapaz quer fechar o jornal, e ainda tem de ler isto, o meu non sense que deixa a interrogação: será que o Mundo está assim ou são as minhas ideias que estarão?

Apeteceu-me

"Porque será que os mais lúcidos são consderados Loucos?"


Charles de la Folie

37 comentários:

Maria Manuel disse...

Vou inaugurar?! Não!! Não aguento esse pessegueiro sem pêssegos!....

Ricardo Leal disse...

Os mais lúcidos são considerados loucos, porque estão rodeados de alucinados.

Em relação ao saltinho para resolver o problema do ozono, humm rsrs. Já pensaste que o planeta é uma esfera, então, está rodeado de gente a toda a sua volta. Dai que se todos saltassem ao mesmo tempo, provocaria forças opostas, o que dá uma resultante nula! A Terra não se move para lado nenhum!

Em relação aos politicos, nem digo nada. A qualidade impressionante deles, só me diz que estamos entregues á bicharada...

Guillermo de Baskerville disse...

"Não sou perfeito mas tenho partes de mim excepcionais”.
O Hábito ensina-nos que a perfeição é uma característica divina.
Acredito que há um grande motivo para não sermos perfeitos: o tempo (e, agarrado a este, o espaço).
A humanidade caminha em busca da perfeição, mas a passos colectivos. Cada ser humano representa apenas uma parte dessa massa de pessoas, e assim, seremos apenas uma passada no caminho.
Temos esperança no lugar da perfeição. Desenvolvemos algumas características, que nos fazem únicos.

A perfeição deve ser uma direcção e não um destino.

“Escrevo o que escrevo sem os olhos que pousam em tão fracas linhas... Não procuro entendimento no cérebro de quem absorve os meus escritos. Busco antes o alívio que me provocam os momentos de desanuvio, em escapes de palavras pelas minhas mãos.
Quero libertar-me!
Não suporto a dor das palavras que ficam por dizer!”

A. S. Gonçalves

Platero disse...

Como o No sense, pode ser Lot sense!

Um abraço

chaka disse...

eu sorri... qnd pediste.

nao sei o k dzier. sou nova de mais. ou entao é pk ja tou com sono msm e ja nao sei o k digo...

bjinho*

maria disse...

por mim, isto deve-se a um pormenor simples e devastador: a idade mais lúcida acontece quando se é adolescente e se crê (de verdade) que se muda o mundo todo, à força do melhor querer...
Depois?! oh... depois, quase toda a gente passa a aceitar que é nos adultos que está "o poder", e tudo pára. Demasiado quieto. Demasiado amedrontado...

indie girl disse...

hehehe por acaso nunca pensei em algumas coisas que li..mas é bom que exista gente assim para nos despertar para aquilo que andamos adormecidos..beijo e vou passando

Pdivulg disse...

Também sorri

Bino (Abrupto Sexual) disse...

Muito curioso este post. Curioso porque quase podia ter sido escrito por mim. 1- Por vezes interrogo-me porque razão perco tempo a escrever um blog (dirigido a portugueses) mas é então que também eu me recordo dos dois leitores que tenho. Mas acima de tudo se não fosse o sacana do blog nunca teria o prazer de saber que existe um gajo chamado Carlos Barros, uns tovarichs curtidos à brava, etc. (é para isto que serve escrever um blog) 2- Tb muitas vezes receio se as pessoas não me julgarão louco. Mas não sou. Há uns anos atrás fiz psicoterapia durante um certo periodo com o intuito precisamente de provar a minha maluquice. Infelizmente, apenas me garantiram que era um tipo perfeitamente normal, isto depois de ter pago um balúrdio em sessões, a 5 contos cada lance de 50 minutos (acho que nem sequer chego a ter partes de mim excepcionais). 3- Finalmente... a minha criancinha mais nova tb tem 5 anos. :) Bom dia Carlos.

Zuka disse...

O que seria necessário para convencer 600 milhões de pessoas a dar um salto?
Eu já nem consigo imaginar, num país muito distante, argumentos para 10 milhões saltarem...claro, podiam saltar para o precipício...empurrados pelos políticos...ou então podiamos ganhar o Mundial que se segue...enfim haja saúde!
Bom fim de semana!

Ana disse...

Eu sorri qundo um sorriso foi pedido... e não creio que sejas louco...

EU nos dias e Hoje disse...

ola Carlos...Para ser louco basta fugir à norma... o pior é que eu fujo sempre às normas. lol

Um Abraço

Cadelinha Lésse disse...

Aqui vai um :)...
Ganhou mais uma leitora!

Freddy disse...

Gosto mto de te ler mas n andas mto bem...
Queres q te ajude?!!;)

Abraço da Zona Franca

Estrela do mar disse...

...eu também sorri...e acho graça a forma como escreves...dentro do real, mas sempre com boa disposição...e vê lá se o teu filho não vai para a política...porque mesmo que faça coisas boas, há-de ser sempre insultado...é o que eles sabem fazer de melhor:)...

Tem um bfs.

beijos.

Sergy disse...

Mmm..quer-me aprecer q tens mais de 2 leitores!

kaskão disse...

Quando é que me dás banho? As pulgas não me largam...

XS disse...

O Bush quando evadiu o iraque deve ter dito: "No nukes, but make sense"

alfinete de peito disse...

Connosco são cinco os que te lêm Mister!

Temos dito

Mercador e Grizo

bonifaceo disse...

O que eu sei é que há muita gente "bem falante", como eu chamo, por aqui, com grande criatividade, e eu não tenho ideias nenhumas pro meu blog.
Passando ao que interessa, se nos sentimos loucos por dizer aquilo que nos apetece e às vezes dizer umas coisas com pouco sentido mas que nos faz sentir bem, então viva a loucura, acho que é uma boa terapia.
Quanto aos políticos, não gosto nada deles, são mal educados uns com os outros, são mentirosos e ficam com grandes regalias com poucos anos de trabalho...
Bom fim-de-semana a todos :)

Mendes Ferreira disse...

...de "cancer" para "cancer", só a loucura é verdadeiramente sábia...um abraço.

xaninha disse...

vai dar banho ao cão, ou à cadela. e depois, não te esqueças do frontline e da escova de arame

Toze disse...

Olá é pra você !
Não acredita ?
Olá é pra você !
Este é o Ministério da Soltura
E o Revelações...Avulsas

Quanto ao “ Não sou perfeito mas tenho partes de mim excepcionais”. Tem cuidado, afasta-te desse teu Amigo, Gajo que é Gajo, não diz essas cenas !!!

Tem mais atenção ao teu filhote, às tantas anda às escondidas aprender a ser Politico !

Carlos: Já não tens dois leitores , mas sim três :)

Abraço !
Finurias / Toze
www.cagalhoum.blogspot.com
www.revelando.blogspot.com

Bzz disse...

Podes acrescentar mais um à lista de quem te lê ;-)
E nada como uma saudável dose de loucura para nos dar "salero" na vida!
** Bzz

Marta disse...

é verdade q os mais lúcidos são considerados loucos mas normalmente acabam smp por lhes dar razão...o pior é q, regra geral, esses "loucos" já morreram...mas mais vale tarde do q nc.

Raquel V. disse...

"e quantos morrem enquanto pensas nisso..." --
Posted by Carlos Barros to RALÉ qu'é RALÉ, não se cala e afinca o PÉ at 7/08/2005 07:50:38 PM

---
Foi um pensamento... mas nunca é possível esquecer e deitar p trás das costas como se não existisse... apenas conviver com isso. Quase a frio.

(pluggy aka R.V.)

Raquel V. disse...

EPAH!
Um dos posts mais lucidos que te leio...
Sabes? Se a TV chegasse aos 600milhões... com boa publicidade e algumas quintas das celebridades pelo meio... Garanto-te q saltariam!!!!

O ser humano é bom! É! Não sabe é gerir-se em grupo a partir de x pessoas! Eu q o diga que odiava trabalhinhos de grupo...
Perdemo-nos logo em mil parvoíces... vem ao de cima tudo, como a concorrência, posse, etc entre nós enfim...
Penso q foram questões de sobrevivência que nos dotaram destas "qualidades" - imagina os "homens da pré história" sem uns mais líderes que outros... - que infelizmente gerimos mais p o mal que para o bem.

Mas faz apenas um simples apelo, e vais vez como as pessoas acorrem!


Beijos de bom fim de semana :)

AH! Eu "agora" também leio! Conta lá mais uma ;)

salseira disse...

confesso que não li. Tenho de estudar e venho aqui so mesmo para deixar um beijinho e dizer que gosto muito daquela música que está ali na musica online...
gosto bastante destas mais soft dos nirvana :)

beijinho

speak_easy disse...

Em primeiro lugar gostava de dizer que é a primeira vez que visito este blog e já fiquei agarrado a alguns posts. Ganhaste mais um leitor para juntar a esses dois.

Quanto à história do salto já tinha ouvido falar e mesmo pensando que é uma grande treta até achei interessante.

Faz os possíveis e impossíveis para impedir que o teu filho se meta nesses caminhos da política:)

Abraço

H. disse...

Li... Concordei!

Psique disse...

#saudações...
E você tem bem mais que dois leitores :),se o amor é guiado pelos olhos da loucura,vamos nos tornar todos loucos,quem sabe o seu filho não se torne um politico diferente ?#

Karol disse...

Olá Carlos, vim agradecer a visita que me fizeste. Seus textos são incríveis e se me permitir, voltarei outras vezes. Achei-te muito modesto ao dizer que tem apenas dois leitores, ao que me parece tens muitos mais e ganhou mais uma.
Tenha um ótimo final de semana
Bjos =)

Squeezy disse...

“ Não sou perfeito mas tenho partes de mim excepcionais” gostei mto desta frase.

E dp penso k omundo é assim mas apeans hoje, pis amanha é outro dia, mas n me parece k vá ser melhor.

augustoM disse...

Caro Carlos, a Loucura, não a Erasmo, é a diferença entre o que é e o não é convencionado, ou seja a Loucura poderá ser tomada como a inconformidade em relação ao que é convencionado.
Continue na sua Loucura, pelo menos tem um adepto em mim.
Um abraço. Augusto

abox disse...

:)

chaka disse...

olha, linkei te... espero k nao te importes-
nao ha problema pois nao?

bjinho*

Anónimo disse...

Pode ser que os anos te tenham amadurecido [como aos pessegos] mas, há vinte e tal anos não eras muito bem acabado, não!