quarta-feira, janeiro 26, 2005

Estados de Espirito (será liquido?)

Há coisas que eu não consigo compreender, uma delas, além das mulheres claro, mas isso é mais que evidente, no dia que compreender uma mulher que seja, eu, eu, eu, pois eu...claro evidentemente, que me torno uma pessoa mais, como dizer, mais incrivelmente estúpido por duas razões, as mulheres não são para se compreender, no dia em que isso acontecer perde a graça toda, é como, ok.
A seguinda razão fica a vossa consideração.
Assunto terminado antes que tenha de chamar o meu advogado devido a algumas ofensas corporais, e eu odeio violência.
Mas dizia eu, ali atras, ao principio quando comecei a escrever, que há coisas que não consigo compreender uma delas é o estado de espirito ou os estados de espírito, em 10 segundos apenas apeteceu-me escrever sobre algo fiquei bem disposto, incrivelmente bem disposto apesar do muito sono com que estou, mas bastou passar de carro ali por uma rua e olhar como faço todos os dias para o Mar para saber, se fico em casa ou fico em casa, pois está muito frio para meter a prancha na agua, não só a prancha, mas não me apetece ficar mirrado, mirradinho de todo, e vi um mar calmo, deliciosamente azul, carinhosamente perfeito, assombrosamente transparente, um (A)mar perfeito, em pleno janeiro, o Sol também está convidativo o céu de um tom azul infinito, um azul carinho, um azul , um azul pronto(s), é o azul do céu, não há mais tons e a mais não são obrigados, que possam estar para que o meu estado de espirito, se mantenha assim, mas bastaram 10 segundos, foi o tempo que estive parado para observar, aquele meu Mar, e que me deixou com uma vontade irresistível, de sair do carro e gritar, qualquer coisa como, pois não sei, talvez :
« Viva a Loucura, que reside em mim »
Não sei mesmo o que fazer comigo, em outras circunstancias deitava-me no meio da rua cruzava os braços sobre o meu peito, e deixava-me estar, de pernas semi dobradas, a olhar para o céu e a curtir o som do mar e a trautear o « Homem do Leme » dos Xutos e Pontapés.


Apeteceu-me

12 comentários:

Kal disse...

Pelos vistos es surfista =) gosto da filosofia dos surfistas, bastante relaxada e descontraida... ser feliz, no fundo. Bah, hj estou frustrado. N vou dizer nd d jeito, por iss + vale eu ir-me embora agr ver se desenho qlqr coisa a ver se me acalmo... de qualquer maneira, ainda bem que conseguiste ganhar "pica" po dia em 10 seg com uma coisa tao simples, iss e bastante bom, acredita =)

Carlos Barros disse...

Não sou surfista, sou aquilo aque eu chamo um belo naco de carne a levar com ondas os surfistas apanham ondas eu levo com elas, mas levo com gosto acorda-me o espirito.

LetrasAoAcaso disse...

Um naco de carne parece-me pecar por defeito...ihihihihihih
Não! - Não te estou a dizer que estás gordo..ahahahah

Anónimo disse...

como é facil imaginar o que escreves, senti-me no carro a ver o mar, querendo sair do carro e gritar...
só de imaginar me sinto mais leve ou seria da vitoria do glorioso, isso nunca vou saber???
by sonia

Carlos Barros disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Carlos Barros disse...

ainda bem que me proibi de escrever sobre futebol e politica..hihiihh as alegrias de uns são as tristezas de outro...buáááááá

Anónimo disse...

Hoje enquanto ia de carro às seis da tarde na ponte D'Árrabida, olhei para o meu lado direito e vi a Foz do Douro. Aquela vista sobre o Douro durante o pôr do sol, deixa qualquer pessoa com um excelente estado de esírito!
Melhor que isso só quando o FCP é Campeão, ou quando o meu gato acha piada em ir para a cabeceira da minha cama, atirar-me com as velas à cabeça, porque quer comer às três da manhâ! Quem não acordava com um excelente estado de espírito ao descobrir que o gato o quer assasinar?!
Quanto às mulheres... sou mulher e às vezes também não nos entendo!...

patitaa

Carlos Barros disse...

Patitaa tem graça, mas há coisas que só mesmo as mulheres hehehehe eu tenho uma amiga que acha que o palhaço da mc donalds é um perfeito assassino, pode se juntar ao teu gato hehehehe

mj disse...

Mas faz isso mesmo Charles...por 10 segundos...deita-te no meio da rua, olha o céu, curte o som do "teu" mar, a brilhar, lindo, como o descreveste e canta baixinho...

Sozinho na noite
um barco ruma para onde vai,
uma luz no escuro brilha a direito
ofusca os demais

E mais que uma onda, mais que uma maré
tentaram prendê-lo, impôr-lhe uma fé
Mas, vogando à vontade, rompendo a saudade,
vai quem já nada teme, vai o homem do leme

E uma vontade de rir nasce do fundo do ser
E uma vontade de ir, correr o mundo e partir,
a vida é sempre a perder...

...

Carlos Barros disse...

Não preciso que me digam o que tenho de fazer...eu faço o que me dá na gana..é por isso que sonho que vivo e que escrevo, porque vou cantar durante 10 segundos se tenho a vida toda para o fazer?...
O estado de espirito é outra coisa...ai sim são 10 preciosos segundos que devem de ser aproveitados.

mj disse...

Sim, claro Charles...que bom qd pudemos fazer td o que nos dá na gana...e qd se tem a vida td pela frente...

beijos

LetrasAoAcaso disse...

Posso até imaginar-te em frente ao espelho, discutindo com ele. "O gajo mais lindo do mundo sou eu, porra!"
Em última análise e na possibilidade de um convicto contraditório podes sempre dar-lhe com um martelo. (No espelho, claro).hihihhihi