sexta-feira, janeiro 07, 2005

Eu não odeio ninguém mas.....

Odeio, odeio de uma maneira que nem vos conto, ok (1, 2, 3....), desde o dia 1 de Setembro que me privo diariamente de algumas coisas que adoro, as pessoas nem imaginam o que eu tenho de penar, ou que ando a penar.
Ora já lá vão quase 5 meses e com esse 5 meses, também vão, ou por outra eclipsaram-se 20 preciosos e caríssimos quilos, muito tempo e dinheiro investidos, para não falar dos bons momentos que passei para que eles se (a)pegassem a minha barriga, foi duro mas consegui, foi uma luta que durou pelo menos 20 anos muito tempo para que as vezes não me dê vontade de chorar.
Agora lá tenho todos os dias antes de me deitar de fazer o Chá, não no deserto, mas na minha cozinha, o meu horroroso Chá linha leve, o meu Cházinho de 12 ervas e algas que tenho de beber todos os dias depois das refeições, quilo, após quilo, um sacrifício, de todas as noites ao jantar comer saladinhas e uma sopinha, mas os meus adorados quilos, adorados e caros, não imaginam quanto custa 700 grs. de posta mirandesa, umh a escorrer sangue, que coisa divinal, mas acabou-se, agora só posso comer 650 grs. De 2 em 2 anos, mas faço esse sacrifício, por mim pelo meu ego e pela «crise dos 40».
Mas odeio, odeio mesmo depois de todos os sacrifícios que vos acabei de contar que olhem para mim de alto a baixo e me digam, Carlos estás mais GORDO não estás?


Apeteceu-me

1 comentário:

disse...

Os meus kilitos são hereditários, portanto não me sacrifico como tu! hihihi
Mas valorizo imenso o teu esforço... mais que não seja porque te permite escrever estes posts divinais!!!
Nem vale apena dizer para continuares, porque acho que agora não tens mesmo outra solução!!!